Sexta, 30 de julho de 2021
(86) 9 99834382
Vitorino Freire

Vitorino Freire

Francivaldo Notícias
[email protected]
(86) 99931-8609
QUEIMADA

Postada em 06/12/2020 ás 10h47

Publicada por: Francivaldo

Fonte: https://g1.globo.com/

MA teve cerca de 4 mil focos de queimadas a menos em 2020, diz governo
MA teve cerca de 4 mil focos de queimadas a menos em 2020, diz governo
MA teve cerca de 4 mil focos de queimadas a menos em 2020, diz governo

QUEIMADA

Por G1 MA — São Luís

 


 — Foto: TV Mirante

— Foto: TV Mirante

O último relatório de focos de incêndio no Maranhão aponta que, em 2020, o estado teve um número menor de queimadas quando comparado com o ano anterior. Em 2019 foram registrados mais de 18 mil focos de incêndio no estado. No último boletim, divulgado em novembro, o estado registrou uma média de 14 mil queimadas.

Em 2020 o Governo do Estado implementou a campanha ‘Maranhão Sem Queimadas’ que tem por objetivo desenvolver ações de proteção e defesa civil para o enfrentamento dos desastres (queimadas e incêndios florestais) em todo o Maranhão. A criação da sede do Corpo de Bombeiros no município de Barra do Corda, em 2020, também foi um dos motivos para a diminuição das queimadas.

Em janeiro de 2019, por exemplo, foram registrados 712 focos de queimadas, enquanto em janeiro de 2020, apenas 86. Nos meses de agosto, setembro e outubro de 2020, o Maranhão ficou com o quantitativo de focos de queimadas abaixo das médias históricas registradas nos últimos 20 anos.

 

Primeiro semestre

 

No primeiro semestre de 2020, o Maranhão registrou 3.149 queimadas, de acordo com um relatório do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), com base em dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A nível de comparação, em 2019, os primeiros sete meses do ano registraram mais de 1.800 focos de incêndio.

 

Números de julho

 

As queimadas no Maranhão cresceram 73,5% no mês de julho deste ano, em comparação com mesmo período de 2019. Os dados também são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Ao todo, foram 1871 focos de incêndio nos biomas cerrado, caatinga e amazônia, enquanto em 2019 ocorreram 1078 focos de queimadas.

No bioma amazônia, o aumento das queimadas foi ainda maior: 181%. Enquanto em julho de 2019 ocorreram 86 focos de incêndio, em 2020 esse número subiu para 242. Apenas houve redução das queimadas na caatinga.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Últimas notícias
Últimas municípios
Vídeos
Mais lidas da semana

Facebook

»

Twitter

»

Enquete

»

Nenhuma enquete cadastrada.

Receba notícias do Fala Nordeste pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2021 - Fala Nordeste - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium