Sábado, 11 de julho de 2020
(86) 9 81736994
Picos

Picos

Jucelma Sales Notícias do município de Picos
[email protected]
(89) 9 9920-1357
Picos

Postada em 20/06/2020 ás 09h58

Publicada por: Jucelma Sales

Fonte: Portalr1.net

Apapi de Picos recebe denúncia de maus-tratos contra animais de carga
Natasha Feitosa, explica que em algumas cidades essa prática é proibida.
Apapi de Picos recebe denúncia de maus-tratos contra animais de carga

Foto: Reprodução

Ainda se vê muito nas ruas carroças puxadas por animais e, nota-se que muitos sofrem maus-tratos.  Além disso, após uma vida inteira se dedicando ao trabalho,  eles são abandonados ou mortos quando não serve mais, simplesmente são descartados sem nenhum cuidado.

Os Amigos Protetores dos Animais de Picos (APAPI),  recebeu denuncia dos  maus-tratos dos carroceiros em relação aos animais e,  já estão tomando suas providências.

O representante da diretória da Apapi, Klaudino Telles,  comenta que em relação aos carroceiros tem uma lei que diz que a exploração em animais de trasportes de cargas, eles podem ser enquadrados pelo crime de maus-tratos previsto na constituição federal pela lei de crimes ambientais.

"A lei é bem antiga, de 1998 e essa lei diz que esse crime pode ser penalizado de 3 meses a 1 anos de detenção e, aplicado multa pelos órgãos competentes para essas pessoas . O que falta na nossa cidade, na verdade é a questão da conscientização desse crime que é uma coisa tão barbara, mas, tão corriqueira ao mesmo tempo que as pessoas não percebe que aquilo é um crime. Só vê a pessoa como trabalhador que precisa ganhar seu ganha pão para sustentar sua família e, esquece o lado do animal , porque na maioria das vezes esses animais estão machucados , desnutridos e , desidratados", frisou Klaudino Telles.

"Você não sabe se quando termina o horário de trabalho, se o animal será alimentado , se ficará em uma sombra .  O mais interessante é que esses animais transitam pelo centro da cidade onde esse carroceiros transitam também pelo centro da cidade , ou seja os órgão competente tem consciência desse crime , mas nada é feito, porque só é feito se for feito uma denúncia , mas cabe a nós como sociedade , como ONG fazer esse tipo de cobrança. Nós iremos na Secretaria do Meio Ambiente ,  cobrar uma posição sobre esses animais que estão sendo explorados e, espero que possamos ser ouvidos porque isso é maus-tratos e, precisamos solucionar esse tipo de problema", desabafou Klaudino Telles.

A integrante da Apapi de Picos, Natasha Feitosa, fala  das denúncias que a ONG recebe com relação a exploração de animais de carga.

"Nós da Apapi recebemos diversas denúncias falando da exploração de animais para carregamento de carga desses animais ,como cavalo e, burro . Em regra esses animais vivem constantemente cansados pelo trabalho  imposto e,com medo . Esses animais tem sim um sofrimento psicológico pelas punições que eles são imposto. Quando  eles não conseguem carregar o peso,  estão cansados, eles tendem a parar , tentar descansar e com isso são chicoteados ou usado qualquer outro objeto para que faça correr e andar . Em regras esse animais são explorado até a morte em beneficio próprio de alguém e são descartados quando não tem mais utilidade, ou seja, , quando fica velho, ou doente, não tendo nenhum tipo de tratamento. Ele simplesmente é abandonado ou morto", pontou Natasha Feitosa.

Natasha Feitosa, explica que em algumas cidades essa prática é proibida.

"Algumas cidades, tem lei municipal que proíbe o tráfego desses animais, tanto na rua com também a proibição desses animais para uso de carga, para carregar lixo , tijolos até mesmo fazer mudança como já presenciamos aqui na cidade de Picos .Tem projeto de lei  que proíbe o uso desses animais para carregamento de carga , como também a substituição desses animais para bicicletas ou motocicletas", concluiu Natasha Feitosa.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Últimas notícias
Últimas municípios
Vídeos
Mais lidas da semana

Facebook

»

Twitter

»

Enquete

»

Nenhuma enquete cadastrada.

Receba notícias do Fala Nordeste pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2020 - Fala Nordeste - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium