Domingo, 08 de dezembro de 2019
(86) 9 81736994
UTI

Postada em 03/12/2019 ás 19h37 - atualizada em 04/12/2019 ás 19h05

Publicada por: Redação Fala Nordeste

Homem baleado durante pagode em Teresina corre risco de ficar paraplégico
Após o estado de saúde de Rudson ser considerado estável, ele foi transferido para o Hospital São Marcos
Homem baleado durante pagode em Teresina corre risco de ficar paraplégico

Familiares de Rudson Vieira, que foi baleado durante briga em pagode na zona norte de Teresina, declarou em vários meios de comunicação nessa terça-feira (03), que a vítima corre risco de ficar paraplégica.

Rudson Vieira foi baleado durante uma briga dentro de um estabelecimento, onde estava ocorrendo um pagode, na zona norte de Teresina. O suspeito de ter realizado o disparo é um Policial Civil do estado do Piauí, Max Kelysson. Até o momento, não se sabe como de fato ocorreu o crime, pois ainda não foram entregues para a polícia imagens das câmaras de segurança de dentro do estabelecimento, para que a polícia entenda a dinâmica do crime.

Rudson foi socorrido e inicialmente foi levado para o Hospital de Urgência de Teresina, mas após estabilizar o estado de saúde, ele foi transferido para o Hospital São Marcos, localizado no Centro de Teresina. A família informou que Rudson corre risco de ficar paraplégico, pois ele não apresenta movimentação nos membros interiores.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Receba notícias do Fala Nordeste pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2019 - Fala Nordeste - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium