Quinta, 05 de dezembro de 2019
(86) 9 81736994
bodog topo
Amarante-PI

Amarante-PI

Sávio Lages(Jornalista-DRT 1795/PI Radialista-DRT Blog do município de Amarante-PI
[email protected]
(86) 998255826
Da Costa e Silva

Postada em 02/12/2019 ás 10h44 - atualizada em 03/12/2019 ás 16h06

Publicada por: Sávio Lages(Jornalista-DRT 1795/PI Radialista-DRT

Por conta do aniversário natalício do poeta , Cineas Santos fala de Da Costa e Silva
Antonio Francisco Da Costa e Silva , o Da Costa e Silva ,nasceu em Amarante (PI) no dia 23 de Novembro 1885, na Rua das Flores, numa dessas simples e rudes casas sertanejas de um só piso, com cinco ou seis portas e faleceu em 29 de Junho no Rio de Janeiro( RJ )1950.O poeta era filho Rodolfo Da Costa e Silva , Capitão da Guarda Nacional ,e Veneranda de Oliveira Silva.
 Por conta do aniversário natalício do poeta , Cineas Santos fala de Da Costa e Silva

Antonio Francisco Da Costa e Silva , o Da Costa e Silva ,nasceu em Amarante (PI) no dia 23 de Novembro 1885, na Rua das Flores, numa dessas simples e rudes casas sertanejas de um só piso, com cinco ou seis portas e faleceu em 29 de Junho no Rio de Janeiro( RJ )1950.O poeta era filho Rodolfo Da Costa e Silva  , Capitão da Guarda Nacional ,e Veneranda de Oliveira Silva.

Aos 14 anos , já ensinava alguns meninos da vizinhança  e aos 16 anos , já publicava seus primeiros poemas na revista do Grémio Literário Amarantino.No ano de 1900 foi pra Teresina estudar e em 1906 foi pro Recife(PE)  e em 1908 publica a obra SANGUE com o soneto SAUDADE sendo destaque.Amarante sempre foi a grande inspiração do poeta, com sua beleza natural , o Rio Parnaíba , que ele chamou de VELHO MONGE, e a infância do poeta.Da Costa e Silva é um dos mais festejados poetas do Piauí, mas , pouco lido e pouco pesquisado, as informações sobre o poeta amarantino são todas do filho mais novo, o embaixador Alberto Da Costa e Silva.

O portal Fala Nordeste na semana que passou foi ao encontro do professor, escritor,poeta e aprsentador de tv Cineas Santos , para falar do  Príncipe dos Poetas .Ao ao ser perguntado por este jornalista se o sucesso do poeta com suas poesias é inspirado em Amarante?

Cineas Santos disse: "Machado de Assis afirmava que o menino é o pai do homem e é possível sim que a paisagem natural, a paisagem natural mesmo de Amarante tenha incentivado bastante o poeta e, Da Costa e Silva era um Romântico Temporão  que se notabilizou como Simbolista, mas isso é uma coisa puramente de foro pessoal e você não pode dizer com segurança até que ponto a cidade, a beleza natural inspirou o poeta, mas, é certo que ele fez algumas composições voltadas para o Piauí e Amarante aparece lá de maneira muito nítida."

O professor faz uma declaração que até então ninguém tinha falado 

Cineas Santos: "Uma coisa curiosa ,ele não voltaria mais à Amarante, segundo informações minhas ele não voltou mais, ele veio pra Teresina e de Teresina foi pra Recife e depois foi embora até onde eu sei Por Favor!" Ponderou o escritor. E disse sobre não voltar mais : " Drummond saiu de Itabira e o projeto era não voltar nunca mais , parece-me que ele só voltou no aniversario de 75 anos  e voltou meio a contragosto , porque na verdade voltar é uma coisa complicada , o lugar não é mais o mesmo, Você não é mais o mesmo.De certa forma ele não precisava voltar o que importa  é que ele fez algumas composições ."

Segundo o professor, Da Costa e Silva é o paradoxo é  o poeta mais festejado dos poetas do Piauí e seria o poeta menos lido e só quem efetivamente conhece a obra do poeta é o Dr. Tata(Médico paraibano radicado em Amarante) e o seu filho, o embaixador Alberto da Costa e Silva.Para o apresentador da Tv Cidade Verde " Quando se fala em Da costa e Silva , ah! o soneto Saudade ou a letra do hino do Piauí é muito pouco pra um poeta da estatura de Da Costa e Silva .Para se ter uma ideia o Da Costa e Silva só foi lançado no Piauí em 1982, por mim e o Paulo Nunes , nunca tinham publicado um único livro do poeta e, o livro SANGUE, que foi publicado em 1908 , só chegou ao Piauí em 2007, 99 anos depois, publicado por mim."

Questionado se o poeta amarantino é mais conhecido fora do Brasil do que no Piauí?

Cineas Santos: "O Brasil é um Pais muito cruel até com os poetas , você imagine com os mortos , o Da Costa e Silva só não está completamente esquecido porque ele tem um filho que todo pai gostaria de ter  que é o Alberto.Ele cuida para que nunca falte livros do poeta no Brasil, ele edita sistematicamente no Brasil, se não fosse isso Da Costa e Silva seria um poeta absolutamente esquecido." Finalizou o professor.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Últimas notícias
Últimas municípios
Vídeos
Mais lidas da semana

Facebook

»

Twitter

»

Enquete

»

Nenhuma enquete cadastrada.

Receba notícias do Fala Nordeste pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2019 - Fala Nordeste - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium