Sexta, 03 de abril de 2020
(86) 9 81736994
coronavirus
Castelo do Piauí

Castelo do Piauí

Neto Monte noticias de castelo do piaui
[email protected]
(86) 9 9982 3144
Castelo do Piauí

Postada em 03/06/2019 ás 07h34

Publicada por: Neto Monte

Fonte: Augusto Júnior

Um breve resumo sobre a história do turismo em Castelo do Piauí
A cidade de Castelo do Piauí tem um potencial turístico muito grande e nesse texto tem um pouco dessa história
Um breve resumo sobre a história do turismo em Castelo do Piauí

Existem várias  definições para conceituar o turismo, uma delas diz que é o conjunto de atividades que envolvem o deslocamento de pessoas de um lugar para outro, seja ele doméstico ou internacional. 

Ele está ligado a muitos segmentos, entre eles, o turismo de consumo,, o turismo religioso, o turismo cultural, o turismo rural, o turismo ecológico dentre outras.

Já turistas são as pessoas que saem de seu país ou região para uma viagem de visita a outro país, estado ou região por um período não superior a doze meses sem que a intenção principal seja desenvolver uma atividade remunerada.

Importância do turismo 

Chamada de indústria sem chaminé, o turismo tem grande importância na economia de qualquer lugar, pois com a chegada de turistas aumenta o consumo e a produção de bens e serviços e principalmente a necessidade de criação de novos empregos. 

Castelo do Piauí e o turismo 

Um dos primeiros grupos a lutar pelo reconhecimento da atividade em nossa cidade, foi o Líderes de Vanguarda que após alguns castelenses, dentre eles, o ex prefeito Vilmar Cardoso e sua esposa Meira Brandâo, a professora Ivanildes Cardoso, Dilma Cardoso, Cezar Sotero e o militar da reserva Raimundo Apolônio, participarem de um curso ofertado pelo Sebrae em Campo Maior, foi despertado o interesse de resgatar o patrimônio histórico e cultural de Castelo do Piauí bem como a divulgação de nossas potencialidades turísticas e a preservação dos sítios nossos  arqueológicos.

Depois do grupo formado ele se fortaleceu e  outras pessoas da sociedade civil foram convidadas a participar, como médicos, professores, funcionários públicos, radialistas e empresários. Passando o hrupo a fazer incursões ao interior do município  e a catalogar esse potencial.

Curso de condutores de turistas e visitantes 

A origem das visitações aos atrativos turísticos de Castelo do Piauí se perdeu na névoa dos tempos. Mas foi a partir da criação do primeiro grupo de condutores de turistas e visitantes (guias locais) em fevereiro de 2002 que parte das visitações passaram a ser de forma ordenada com o devido  acompanhamento de um guia. Infelizmente muitas visitações principalmente na Pedra do Castelo acontecem sem a participação de uma guia, o que gera inúmeros impactos ambientais ao local.

Com o passar dos anos várias ações foram feitas, como cursos de capacitação, podendo ser citado aqui,  o curso de inglês básico para o turismo, cursos de arqueológia, primeiros socorros e acidentes ofidicos, técnicas verticais (rappel, tirolesa e escalada) com o competente Maurício Chaves, associativismo, informações turísticas, implementação de passarelas e proteção em alguns sítios arqueológicos, participação em vários eventos no Piauí, em outros estados da federação e até no exterior, palestras e oficinas nas escolas,  dentre outros.

No ano de 2002 na então gestão de Dr Zé Maia, foi contratado o sociólogo e especialista em arte rupestre, Benedito Rubens Luna de Azevedo que juntamente com o então coordenador de turismo Robson Lima, buscaram muitas ações e inovações que trouxe significativos avanços para o turismo local.

Sendo muito conhecido e respeitado no meio, Rubens Luna pessoa que considero a maior autoridade em se falando do majestoso Poti, trouxe muitos meios de comunicações diferentes para Castelo e deu notória divulgação e visibilidade aos nossos atrativos turísticos. Já nesse tempo Rubens se dedicava à proteção do Rio Poti e o turismo sustentável, ele foi e é nosso grande mestre nessa arte e nos ensinou o caminho das pedras.

A Condatur Castelo 

Com o grupo de condutores já formado e atuando, em 2005 foi criada a Condatur ( Associação de condutores de turistas e visitantes de Castelo do Piauí) tendo a participação importante de muitas pessoas que fizeram a atividade crescer na cidade, citando aqui a pessoa de Evaldo Miguel dos Reis, funcionário da empresa ECB Rochas Ornamentais do Brasil e membro atuante da Condatur, foi o principal articulador para que as terras que hoje fazem parte do Parque Pedra do Castelo fossem compradas pela empresa que atua na mineração do quartzito na nossa região, e doadas para a prefeitura de Castelo do Piauí através de compensação ambiental.

Atuamos na condução de grupos em Castelo do Piauí e também no Cânion do Poti desde o ano de 2002, com roteiros que hoje já são consagrados nacionalmente e que apresentam potencial para se trabalhar as mais diversas modalidades de turismo. 

São muitos anos dedicados a essa atividade, tanto na  divulgação quanto na valorização de nossos atrativos e de nossas riquezas históricas e culturais.

O turismo em Castelo na atualidade 

Com a mudança de nome de nosso principal evento turístico, de Cachaça Fest, criado em 2005,  para Cânion Fest Poti, a partir de 2017, o Cânion do Poti ganhou destaque na mídia e a gerar motivação para muitas pessoas dos mais variados lugares, virem conhecer nossa região. Com o melhoramento do acesso, aumentou também  à visitação ao lugar.

O Cânion do Poti que em sua parte mais bela fica na zona rural de Buriti dos Montes, tem sua principal porta de entrada por Castelo, isso fez com que os atrativos castelenses também fossem mais procurados por turistas.

Recentemente o prefeito de Castelo do Piauí Magno Soares assinou a ordem de serviço em parceria com o IFPI para que seja iniciado o plano de manejo da Pedra do Castelo. Documento importante para regumentar a visitação ao nosso principal cartão postal.

Também graças à articulação do secretário Anderson Lima está sendo reativado o Conselho Municipal de Turismo e junto com ele à busca por recursos para o setor.

O turismo bem trabalhado e com parcerias entre os setores público e provado, e Castelo apresentando um rico e diversificado potencial, tem tudo para ser um grande gerador de divisas para o município,. 

Texto: Augusto Júnior Vasconcelos.

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Últimas notícias
Últimas municípios
Vídeos
Mais lidas da semana

Facebook

»

Twitter

»

Enquete

»

Nenhuma enquete cadastrada.

Receba notícias do Fala Nordeste pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2020 - Fala Nordeste - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium