Terça, 17 de setembro de 2019
(86) 9 9983-4382
Major Elizete

Major Elizete

Major Elizete Advogada e Professora. Doutoranda em Direito. Especialista em Gestão de Segurança Pública, Docência do Ensino Superior, Direito Civil e Processo Civil, e em Políticas Sobre Drogas.
[email protected]
(86) 98851-2025
Coluna da Major

Postada em 19/03/2019 ás 20h18

Publicada por: Major Elizete

Coluna da Major Elizete: A boneca momo
A boneca momo.
Coluna da Major Elizete: A boneca momo

Foto: Reprodução

Os perigos da internet para as crianças estiveram em destaque nos últimos dias porque a imagem de uma escultura japonesa de uma mulher pássaro, de olhos esbugalhados e aparência assustadora, está sendo inserida em vídeos de conteúdo infantil, em várias línguas, para induzir ao suicídio.

Meu sobrinho de 4 anos foi uma das vítimas. Ao ver a figura horrenda, que aparecera de repente no meio do vídeo do Baby Sharque, correu para sua mãe e disse: “O monstro vai me pegar, mamãe?”.

Na versão editada com as inserções, a boneca dá ordens para auto-mutilações, demonstrações com lâminas de barbear, informações sobre onde encontrar objetos cortantes e quais os locais onde os cortes deveriam ser feitos; e, a clara ameaça de que, se as ordens não fossem cumpridas, à noite ela iria pegar a criança.

Nas redes sociais, as pessoas estão veiculando esses videos, mas, segundo os especialistas, não se deve compartilhar esse conteúdo impróprio, mesmo que seja com o objetivo de alertar amigos e familiares. Geralmente, a intenção de quem produz esse material é a busca por notoriedade, o que será alcançada com a repercussão de cada compartilhamento.

Outra recomendação é que NAO SE MOSTRE O VÍDEO às crianças! Aproveite esse momento para explicar aos filhos a forma mais segura de navegacao, porque a internet é como uma enorme praça pública, que tem perigos, sobretudo para as crianças, e que, portanto, navegarem desacompanhados seria como brincar em um ambiente totalmente desconhecido com perigos reais.

O mais seguro é baixar os videos e assisti-los, na íntegra, selecionando os conteúdos apropriados de acordo com a idade!

Se, eventualmente seu filho já se deparou com a Momo, converse e explique que se trata de uma escultura concreta, que não é um monstro; que toda postagem na internet tem por trás uma pessoa, que às vezes querem fazer mal às outras, e, por isso, ele não deve conversar com estranhos, como em jogos on-line, facebook, ou instragram, por exemplo. Fale que não se deve conceder número de telefone, endereços ou outros dados.

Sobre o uso do WhatsApp, sugere-se que só tenham contas a  partir de 13 anos;  e a criação de canais no YouTube, até os 18 anos, somente com a supervisão direta dos pais.

Nesses eventos, a proximidade entre pais e filhos é a maior defesa que pode haver. A criança deve confiar nos seus responsáveis para a eles recorrerem ao menor sinal de perigo!

Fala Piauí no Facebook:
imprimir

Veja também

»
Bet sul lateral grande
Últimas notícias
Últimas municípios
Vídeos
Mais lidas da semana

Facebook

»

Twitter

»

Enquete

»

Nenhuma enquete cadastrada.

Receba notícias do Fala Piauí pelo WhatsApp WhatsApp
© Copyright 2019 - Fala Piauí - Todos os direitos reservados - E-mail: [email protected]
Site desenvolvido pela Lenium